Consultoria e Assessoria: Um instrumento de autonomia empresarial e tomada de decisão.


Com todo o respeito e admiração que tenho pela área, afirmo: Direito é uma Ciência naturalmente intrometida. Tudo (ou quase tudo) pretende definir para então dizer o que é, ou não é, sobre “tal”.


Não é por outro motivo que a consultoria e assessoria jurídica se revelou como um verdadeiro e importante instrumento da autonomia e tomada de decisão empresarial.


Isso porque em qualquer ramo de atividade há normas que regulamentam e delimitam o campo de atuação empresarial, sendo certo que quando não observadas, as consequências financeiras oriundas de problemas jurídicos serão evidentes.


É o que chamo de "passivo jurídico", ou seja, ações judiciais que resultam de decisões empresariais equivocadas e que levam a empresa a ter que indenizar um cliente ou ainda, pagar grandes montantes em juros e multas por sua ingerência nos riscos.


Pior, por inexistir o apoio jurídico necessário, muitas empresas absorvem altos valores em inadimplência e assumem prejuízos que poderiam ser evitados com medidas extras judiciais ou judiciais protetivas.


Para prevenir essas situações é que existe a consultoria e assessoria jurídica.


No segmento imobiliário (área da nossa expertise) percebo que o Direito é essencial ao próprio exercício empresarial.


Mormente por integrarem o objeto e ramo de atividade mercantil situações jurídicas específicas como por exemplo: compra e venda ou locação de imóveis (Incorporadoras, Construtoras, Imobiliárias e Corretores) e administração de locações (Imobiliárias e Administradoras em Geral).


A necessidade da consultoria e assessoria jurídica neste segmento é de tal monta que tende a auxiliar até mesmo na cobrança dos serviços que são prestados, pois algumas cobranças estão vinculadas a efeitos específicos, como ocorre com a cobrança de corretagem em aluguel ou venda de imóveis, por exemplo.


Fato é que o Direito auxilia o empresário a tomar decisões, pois tendo acesso ao conhecimento jurídico específico, poderá prever riscos e posicionar-se adequadamente diante dos tantos desafios mercantis que se apresentem.


Finalizo com uma singela reflexão de Abraham Lincoln:



“Tem direito de criticar o que tem coragem de ajudar.”


E foi para ajudar que nasceu a consultoria e assessoria jurídica.


(Nota: É proibida a divulgação deste artigo sem a devida autorização do Autor, ou, explícita divulgação da fonte e autoria)



Posts Recentes

Arquivo

Siga-nos

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon

©2017 por Cristiane Peres.