Os Erros Mais Comuns do Síndico na Administração Condominial

Escrito para o Projeto "A Quatro Mãos": instruindo e inspirando no mercado imobiliário




A Administração Condominial é uma tarefa desafiadora. Por este motivo ser síndico significa assumir papel de suma importância e grande responsabilidade, já que sua postura será decisiva para solução (ou não) de muitos problemas e na preservação do patrimônio comum.

Infelizmente, por inexperiência ou falta de conhecimento, o síndico pode cometer alguns erros durante sua gestão.


Dentre eles passo a citar os mais comuns:



1º Não acompanhar mensalmente a comprovação dos pagamentos dos Encargos Trabalhistas e demais impostos do condomínio.


Muitos síndicos não sabem, mas o condomínio responde solidariamente pelas obrigações trabalhistas, ainda que seus prestadores sejam disponibilizados por empresas terceirizadas. Por este motivo acompanhar mensalmente a comprovação dos pagamentos desses encargos previne problemas futuros.


2º Aprovar e executar obras por conta própria, sem antes buscar outros orçamentos e apresentar em assembleia para tomada de decisão de todos.


Esse é um erro típico dos síndicos mais inexperientes. A assembleia sempre será soberana e tomar decisões que digam respeito ao patrimônio coletivo sem consultar os condôminos, é situação que pode levar à responsabilização do síndico e nos casos mais graves obriga-lo à restituição dos valores.


3º Não levar ao conhecimento do Conselho Administrativo suas decisões. Deixar de partilhar suas ideias com o Conselho.


O síndico é o representante do condomínio, mas, o Conselho Administrativo também é órgão de extrema importância da administração condominial. É criado exatamente para auxiliar o síndico nesta tarefa.


4º Não renovar e/ou renegociar os contratos com os prestadores de serviços responsáveis pela manutenção das áreas e itens do condomínio (por exemplo: elevadores, portões, caixa d’água, dedetização).


Muitos síndicos esquecem de rever os contratos de seus prestadores periodicamente. Isso pode representar além do descontrole nas contas, certo desleixo administrativo.


5º Não manter o seguro Incêndio e o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) em dia, é um risco muito grande.


É certamente um dos erros mais graves dos síndicos pois coloca em risco a segurança dos condôminos.



6º Indiscrição em relação à divulgação da lista de inadimplentes. Não se deve deixar de informar sobre a inadimplência, mas isso deve ser feito de maneira a não constranger o devedor.


Esse é sem dúvida o erro mais comum dos síndicos desavisados. Ao elaborar uma lista de inadimplência não se deve nunca divulgar os nomes dos devedores. O ideal é que essa lista seja feita sempre com base nas unidades (apartamentos ou casas) devedoras.

Saiba: Constranger qualquer pessoa, ainda que seja um condômino inadimplente, gera a obrigação de reparação por dano moral, além de tornar a vida em condomínio bem desagradável.


7º Falta de comunicação com os condôminos, é importante saber a opinião deles sobre o que gostam e o que gostariam que fosse feito para melhorar o patrimônio de todos.


Administrar o patrimônio alheio significa acima de qualquer coisa saber ouvir.


Esses não são os únicos erros cometidos por muitos síndicos, mas sem dúvida são os mais comuns.

Administrar um condomínio é uma tarefa incrível, uma responsabilidade e tanto, mas é prazerosa e com certeza tem seu reconhecimento quando bem feito.

Por isso é muito importante que o síndico administre com transparência, boa vontade e com responsabilidade.


Um síndico responsável e comprometido com uma administração competente é sinônimo de gestão com eficácia garantida!





Nota sobre o Projeto “ A Quatro Mãos”: Como docente e advogada tive a oportunidade de conhecer alunos, clientes e parceiros incríveis, que germinavam ideias e conhecimento conforme evoluíam em sua formação profissional, descobriam o dia-a-dia do judiciário brasileiro ou compartilhavam comigo suas experiências com relação à “justiça”. Deste reconhecimento nasceu a ideia de convidar algumas dessas pessoas para produzirem textos que pudessem esclarecer dúvidas, instruir ou inspirar futuros leitores.

Conforme demonstrado acima a experiência tem sido gratificante!

Muito Obrigada Ana Gabriela!

Tenho muito orgulho de ter sido sua professora e ter assistido sua admirável evolução profissional!

Bruna Neubern de Souza


(Nota: É proibida a divulgação deste artigo sem a devida autorização do Autor, ou, explícita divulgação da fonte e autoria)

Posts Recentes

Arquivo

Siga-nos

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon

©2017 por Cristiane Peres.